30 de jan de 2012

Os Descendentes


Esse filme levou os Globos de Ouro de melhor ator de drama e melhor filme e parecia favorito ao Oscar, até o prêmio do SAG premiar "O Artista"e "Histórias Cruzadas". Achei o filme bem conduzido, com boas interpretações e uma história simples mas que tem um pano de fundo interessante que conversa com a trama principal: o cenário do Havaí. Mas ao contrário do que eu esperava, não consegui me emocionar ou me envolver com a história (o filme e a interpretação de Clooney são contidos), então foi apenas bom enquanto durou.


Minha Cotação: * * *



CRÍTICA | BLOG DO RUBENS EWALD FILHO

26 janeiro 2012
Estréia – Os Descendentes
http://noticias.r7.com/blogs/rubens-ewald-filho/2012/01/26/estreia-os-descendentes/

Com George Clooney, Beau Bridges, Amara Miller, Shailene Woodley, Robert Foster, Matthew Lilard, Judy Greer, Nick Krause, Michael Ontkean. Fox.

Este não foi mesmo um grande ano para o cinema nem internacional, nem de Hollywood. Prova disso é a falta de filmes fortes e favoritos para o Oscar, polêmicos ou originais (onde o mais curioso acaba sendo justamente uma produção francesa muda, e em preto e branco, O Artista, o que por si só já é um comentário sobre a modernidade!). Na falta de alternativas, ganhou mais peso este filme decente e bem feito, nada excepcional, que ganhou Globos de Ouro de melhor drama e melhor ator (George Clooney, que realmente está em seus melhores dias).

O que eu acho mais importante dele é que marca o retorno de um cineasta talentoso, mas que tem trabalhado pouco, Alexander Payne (sabiam que era grego? Alexander Constantine Papadopoulos!) que não fez nada desde o sucesso de Sideways - Entre Umas e Outras (04), a não ser o piloto e produção da série Hung e episódio de Paris eu Te Amo. Mas entre seus outros bons trabalhos tem A Confissão, de Schmidt, com Jack Nicholson, Eleição, com Rise Witherspoon, e Ruth em Questão, com Laura Dern.

Não se pode dizer que tenha feito um trabalho pessoal, mas conta muito bem uma história extraída de um livro de uma escritora havaiana (a autora Kaui aparece numa ponta como a secretária de Matt e já tem outra adaptação pronta, Breaking Waves, 12). Todo rodado em locações, conta a trajetória de Matt King (Clooney), que administra as terras de sua grande e antiga família que descende de príncipes locais (mas que terá que vender as terras num prazo de quatro anos, o que deverá render muito dinheiro para ele e os primos).

Mas sua vida entra em crise porque tem que cuidar das duas filhas (uma adolescente e outra pequena e rebelde), com quem tinha pouco contato. O problema é que sua esposa sofreu um acidente quando estava praticando esqui aquático e está em coma num hospital. A situação ainda se agrava quando a filha mais velha lhe conta que a mãe tinha um amante e que estava apaixonada por ele, um agente imobiliário. E como se não bastasse, o médico lhe previne que a mulher não dá sinais de melhora e que seria o caso de desligar os aparelhos!

Tudo isso é contado no tom certo, com emoção e certo humor, mas sem sentimentalismo ou dramalhão. Com todo mundo de bermudas como parece ser a vida no Havaí. Muito ajudado por um elenco muito eficiente, onde surgem um sogro antipático e prepotente (Forster), um primo bom vivant (Beau Bridges) e a principalmente a esposa do amante (uma curta - mas eficiente - participação de Judy Greer, que lhe deu indicação ao SAG, graças a uma ótima cena em que ela diz todas as verdades para sua rival em coma!).

Ou seja, Os Descendentes é aquilo raro de se encontrar: um bom filme, não excepcional. Mas é para ver.

FICHA TÉCNICA
Diretor: Alexander Payne
Elenco: George Clooney, Judy Greer, Shailene Woodley, Matthew Lillard, Beau Bridges, Robert Forster, Rob Huebel, Michael Ontkean, Mary Birdsong, Sonya Balmores, Amara Miller
Produção: Jim Burke, Alexander Payne, Jim Taylor
Roteiro: Alexander Payne, Nat Faxon, Jim Rash, baseados na obra de Kaui Hart Hemmings
Fotografia: Phedon Papamichael
Duração: 117 min.
Ano: 2011
País: EUA
Gênero: Comédia Dramática
Cor: Colorido
Distribuidora: Fox Film
Estúdio: Ad Hominem Enterprises
Classificação: 14 anos


0 comentários:

Postar um comentário